Skip to content

Eleições presidenciais de 2014: cuidado com o Lixo Virtual

12/08/2013

 lixo-virtual-eleicoes-2014

As eleições 2014 para presidente já começaram nas redes sociais, e pela velocidade da Banda Larga (pra não usar a expressão em desuso “pelo andar da carruagem”), lamentavelmente, serão uma das mais agressivas, no sentido negativo da palavra. Tenho comentado isso com algumas pessoas que me são próximas.

Os nomes dos presidenciáveis ainda nem foram definidos, mas a cada pesquisa DataFolha (ou qualquer outra), a militância começa a disparar e ressuscitar notícias caluniosas, mentirosas e difamatórias contra aquele candidato que não é de seu agrado.

Gente que está ligada a partidos e políticos que buscam interesses pessoais e de seus pares usam de má fé, embasada também em ideologias cegas, procurando conseguir alguns votos para seus protegidos, denegrindo a imagem de outros com notícias falsas com roupagem de verdadeiras, tentando, quem sabe, colar a máxima creditada ao ministro da propaganda nazista (N-A-Z-I-S-T-A), Joseph Goebbels, que diz: “Uma mentira dita mil vezes torna-se verdade”.

Se pensarmos que  no Facebook, por exemplo, temos amigos, letrados, que ainda compartilham notícias de que o Facebook será cobrado ou outras do tipo….

Enfim… aonde foi parar a nossa curiosidade e a busca pela verdade? No caso da notícia do Facebook que citei, basta verificar a tela de entrada da rede social que diz: “CADASTRE-SE: É gratuito e sempre será”.

O que dizer então destas notícias caluniosas e mentirosas que são produzidas com dados, nomes, locais e afins, como se fossem verdadeiras. Já presenciei inúmeras distorções, retiradas (interpretadas) de notícias de grandes sites e portais com o objetivo de enganar o (e)leitor.

Blogs e sites políticos caluniadores

Já cansei de postar comentários em blogs caluniadores, que batem no peito em nome da democracia (como disfarce), mas não liberam comentários. Cito pelo menos um: o tal Blog do Aluizio Amorim – como duvidar de alguém que se diz jornalista e graduado em Direito pela UFSC – que mistura verdade (a dele) em meios a textos bem escritos, baseado em dados (furados) para enganar os desavisados e dar munição para MILITONTOS? – gosto de chamar assim a militância que enche a internet de lixo virtual. Alguns textos do tal Amorim são até verdadeiros, diga-se de passagem, mas apenas uma estratégia para confundir o (e)leitor. Esses dias, ele teve a audácia de dizer que não liberaria comentários elogiosos (desde quando falar a verdade é elogio) para tal candidato.

Iguais e muito piores que ao dele, como por exemplo o Coronel do Blog, que se esconde atrás do anonimato,  têm aos montes na Internet, infelizmente. A maioria a serviço de algum partido, como o Brasil 247 (2+4+7 = 13) ou bancado financeiramente por algum político. São pessoas que alimentam essa velha política que tem consequências terríveis para a democracia e para o desenvolvimento político do país. Não se pode dar IBOPE pra esse tipo de gente, por isso, apesar de citar seus nomes, não coloquei links para seus blogs.

Como faz parte do meu trabalho monitorar as redes sociais, infelizmente, não tenho como me livrar de ver o que essas pragas do mundo online publicam.

Portanto, muito cuidado ao repassar notícias nessas eleições. Todos nós temos o direito de não gostar deste ou daquele candidato. Achar que este ou aquele é mais despreparado ou mais preparado. Além disso, claro, tem muito candidato que realmente está com o pé (senão o corpo todo) na lama. Mas é bom checar as informações para não passar adiante algo de má fé ou de caráter não comprovado.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: