Skip to content

Não tenho tempo, mas pago imposto

19/02/2013

O texto não é meu, mas do prezado Carlos Nepomuceno, professor, pesquisador e co-autor do livro Conhecimento em Rede (Editora Campus), editor do blog Nepo.com.br e mantém o Twitter cnepomuceno. Pedi a ele autorização para publicar essa rica reflexão que deve ser curtida, tuítada, compartilhada, discutida. Uma síntese perfeita dos tempos atuais, da web 2.0, dos movimentos, do ativismo político e social, de uma plataforma que abriu possibilidades. De novas janelas, novos horizontes. Muito obrigado por compartilhar reflexões tão ricas para a #REDE. Boa leitura!

Ontem, Marina Silva esteve no Roda Viva. Veja aqui sua participação.

Várias coisas para dizer, mas uma me chamou a atenção.

Um jornalista perguntou do que adiantou 1 milhão e meio de assinaturas contra o Renan, se ninguém vai para a rua?

Marina respondeu que essa contradição denota, pelo menos, a incompatibilidade do que pensa a população e os congressistas.

Eu gostaria de complementar.

Hoje, eu:

pago minhas contas TODAS pela Internet;
compro passagem pela Internet;
Vou ao cinema com ingressos adquiridos SÓ pela Internet;
pego táxi pelo celular, via internet
declaro imposto de renda pela internet….

mas….

Eu quero uma organização representativa que eu possa, pela Internet, dizer e conseguir que um presidente do congresso não seja eleito.

A ideia que eu tenho que ir para a rua para mudar coisas é do tempo dos gregos que não tinham engarrafamentos e três filhos para alimentar, pagando escola, saúde, segurança da rua, pedágio, curso de inglês, fora as escolinhas de todos os tipos, que nada disso é oferecido pelo estado.

Eu não vou para a rua, pois alguém tem que trabalhar….avisem para os jornalistas do roda viva…

Ou seja, quando dizem que o povo agora só quer curtir no facebook e não ir para a rua, posso dizer: sim, queremos organizações que possamos comandar de casa, como um banco, que recebe todas as minhas reivindicações sem problema, com meu token, pois não temos helicópteros nem tempo para engarrafar a vida dos outros.

Não é o cidadão que tem que voltar ao passado para o mundo oral e ir para a praça mas as organizações que tem que aceitar serem governadas pela Internet, colocando cada vez mais brasileiros para que possam fazer isso.

Ir para a praça deve ser algo muito, muito especial, vamos economizar praças.

Pergunto: por que o congresso nacional não aprende com o Imposto de renda, que definiu que 100% das declarações são feitas pela rede?

Para cobrar o estado é o rei da inovação, para servir é roda presa.

Mais.

Por que o Congresso Nacional não faz um formulário simples, que qualquer estagiário consegue fazer para que todos possamos colocar nosso nome, cpf e titulo de eleitor para criar novos partidos, como esse da Marina?

Pergunta-se: é a população que está acomodada, ou são as nossas organizações quem não entendem o recado de seus CHEFES de que um tempo novo está vindo e que elas tem que mandar embora um parlamentar que os CHEFES clicaram que não querem mais?

É de casa que comandaremos as organizações, via internet, ponto final.

Quem não entender isso, pode demorar, até muito tempo, mas verão a queda da bastilha 2.0.

Nós não queremos mais ir para a rua, pois não temos tempo, como tínhamos para isso, mas isso não impede que de casa não deixamos de ser cidadãos que pagam impostos e querem um novo modelo da sociedade.

Na vida atribulada perder cinco minutos para um abaixo assinado é bastante coisa, pois existe hoje um déficit de atenção.

Acho que a Marina consegue criar esse debate contraditório e ambíguo que deve ser multiplicado por todos os que acreditam em um novo modelo de sociedade.

Finalmente, o debate 2.0 saiu do gueto, graças a essa loucura maravilhosamente e oportunamente contraditória que é a #rede.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: