Skip to content

Como anda o Orkut, o ex-queridinho dos brasileiros?

18/01/2012

Algumas “brincadeiras” sobre a situação do Orkut já foram ilustradas pelos internautas 

Lancei um desafio no Twitter e no Facebook. Queria conhecer alguns bons trabalhos e projetos atuais desenvolvidos por ONGS, empresas, produtos ou marcas no Orkut.

Recebi poucos feedbacks (nenhum sobre projetos), portanto, não posso considerar uma pesquisa quantitativa. Mas as respostas foram unânimes em afirmar que o Orkut, mesmo com todas as mudanças (um tanto quanto tardias a meu ver), já era.

Muita gente ainda mantém contas no antigo queridinho do Brasil – sem atualizações -, mas a popularização e a migração para o Facebook é cada vez maior. Eu, por exemplo, mantenho minha conta no Orkut, mas não me lembro qual foi a última vez que entrei lá. As entradas que tenho feito são para atualização de perfis de clientes. Outra rede em franco crescimento é  Google+, que tem recebido atenção por sua integração com o conjunto dos aplicativos da plataforma Google.

Veja os comentários deixados no meu perfil no Facebook.

Luiz Henrique Brandão: Putz! No Orkut não sei de nada..faz tempo que não ando acompanhando as coisas por lá.

Óscar Curros: Eu considero o Orkut morto.

Ton Freitas: Vixe! Eu também considero, rs.

Óscar Curros: Agora, é o momento de as empresas correrem para serem as primeiras com x mil seguidores no Google +.

Marcos Masini: O Google+ ainda é uma incógnita, não? Cresce em números, pois está ligada ao Gmail, mas em atualizações, a coisa parece que ainda não pegou, Óscar Curros.

Ton Freitas: também acho, Marcos Masini.

Ton Freitas: Facebook passa Orkut e vira maior rede social do Brasil, diz pesquisa.

Óscar Curros: Por sua integração com o conjunto dos aplicativos da plataforma Google e afins, me parece que o Google + é o futuro.

Marcos Masini: Então, Ton Freitas, eu sabia dessa notícia. E, pra falar a verdade, o Facebook parece mais ativo do que o Twitter. Pelo menos a minha timeline no Face é mais ágil do que a do Twitter. O Facebook é mais, digamos, social. Você aceita a amizade e (teoricamente) os dois estão unidos, diferente do Twitter que posso te seguir e você pode não me seguir – muita gente não digere isso. O Face, nesse sentido, seguiu a linha do Orkut. A meu ver, o Google+ passa por esse mesmo “problema” do Twitter. E é aí que está, a meu ver, a incógnita do Google+, Óscar Curros, apesar dessas ótimas colocações suas sobre a integração dos aplicativos. A ferramenta pensou na integração de aplicativos, mas errou ao não permitir a integração de pessoas no mesmo formato do Face e do Orkut, creio.

Ton Freitas: Na minha visão, o Facebook é mais social (pra amigos e conhecidos). Twitter é o seu “Jornal de notícias comentadas” rs. No início pensei que o Google+ seria um sucesso, pela divisão em grupos, hang out, mas…A TimeLine, o compartilhamento de músicas e etc, foi um golpe duro.

Óscar Curros: ‎Marcos Masini, só o tempo vai dizer qual é a real, mas a integração entre Blogger, Picasa, Google + e outros da Galáxia Google é ótima. Quem ama é a Fernanda Élle 😉

Óscar Curros: Na verdade, todas as plataformas estão convergendo para formatos muito semelhantes hoje.

Fernanda Élle: Nossa, “suicidei” minha conta do Orkut há muito tempo…

Óscar Curros: E é bom vocês pensarem em como o Google + vai modificar (alavancar ou “esconder”) os resultados das buscas no Google. O Twitter já chiou e o Facebook oferece descontos para anunciantes que apontam para dentro da própria plataforma…

Ton Freitas: Vai ser uma briga boa, o Facebook está tentando a todo custo se manter independente, permitindo que o usuário poste vídeo diretamente no site do Facebook, incluindo tradutor, compartilhamento de músicas, chat de vídeo, etc…e na boa, esses dias fui pesquisar o valor de uma câmera no Google e a pesquisa retornou um resultado de 2009. Pra pesquisar assuntos do dia, Twitter é mais interessante e agora que Google eTwitter romperam, Facebook pode fazer uma parceria perigosa.

Marcos Masini: Sim… o nosso velho e bom amigo tempo, Óscar Curros, enquanto isso, a gente vai exercitando a caixa cinzenta e tentando dar sentido e mapeando desígnios.

Marcos Masini: E por falar em Google+, mais uma novidade dele.

Ton Freitas: kkkkk boaaa sacada.

Marcos Masini: Essa questão do resultados de buscas, Óscar Curros, pode ser a tacada de mestre, isso se não houver uma manifestação em massa dos usuários criticando a ação, digamos, autoritária do Google. Poderia ser um tiro no pé?

Fernanda Élle: Olha só o que o Estadão compartilhou minutos atrás: Facebook supera audiência do Orkut.

Vany Laube: ‎Marcos Masini usei mesmo antes de saber se tratar de novidade o recurso novo do Google +. #aprovado

Vany Laube: ‎Fernanda Élle – assino embaixo! :O)

Marcos Masini: Então, Fernanda Élle, o que estão fazendo estes 34,4 milhões que entram no Orkut? Porque não vejo movimentação mesmo em comunidades ou páginas com mais de 30, 50, 100 mil participantes? Por isso estranho muito esses números. Por isso tenho dito: inscritos é diferente de participantes. E, pelo visto, apesar da discussão ter seguido para um lugar muito melhor, minha pergunta ficará sem resposta. Ninguém mais sabe sobre movimentações interessantes de marcas, personalidades, produtos e empresas no Orkut, porque, aparentemente, elas realmente não estão acontecendo, apesar dos 34,4 milhões. Queria muito ouvir a opinião do Alexandre Inagaki, que sempre participa de discussões sobre redes sociais.

Fernanda Élle: Também estranho essa questão dos números apresentados nesse tipo de estudo, Masini. Porque a impressão que temos é que realmente o Orkut está nas últimas, esperando a última pá de terra para ser oficialmente declarado morto e enterrado.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: