Skip to content

Os melhores tweets do #Tatticando: seminário sobre comunicação e inovação

01/12/2010

Creio que o número de eventos sobre comunicação e mídias sociais em 2010 foi recorde. Perdi as contas. O buzz gerado por Twitter, Facebook, Orkut, Youtube e Cia. foi um fenômeno. E quem é da área não pode perder o bonde – Bonde? Que coisa mais antiga!.

O certo é que os profissionais estão correndo atrás.  Mais atrás, no sentido de colocação, estão as empresas. Sempre elas. Demoram a acordar. As oportunidades passam e algumas organizações estão sempre esperando qual será o seu momento. O momento é agora.

O Tatticando, realizado ontem (29/11) no Teatro Municipal de Itajaí, foi mais um desses encontros da área. O showman (com conteúdo, por favor) Luli Radfarer mais uma vez acordou os que insistem em dormir. Dica para assistir palestras do Luli: como ele é um showman da área, é importante se conectar aos detalhes do que ele fala, saber ouvir as entrelinhas. Se ficar preso só no show, perde o principal. Outro nome do evento foi Eduardo Lorea, professor da pós-graduação em Jornalismo Digital da PUCRS.

Sempre procuro trazer os melhores tweets do evento para apreciação dos leitores. Mas nem sempre é fácil achar bons conteúdos. Há muita zoação, chocarrise e babação de ovo em eventos do tipo – que o diga o youPix [será o telão o  incentivador das abobrinhas?]. Mas sempre tem uma ou outra pessoa antenada que capta boas ideias e compartilha com a rede. Vamos a elas. [com sempre, faço uma ou outra consideração dos tweets entre chaves]

– Fácil pensar no mundo em 2070. Difícil é como será em 2015. O que fazemos agora impacta lá na frente. [quem planta vento colhe tempestade / Quem planta amor colhe felicidade / Quem investe em pesquisa e educação planeja um país forte]

– Acima de tudo, as tecnologias são feitas por humanos para integrar humanos. Tudo o que fazemos é social. [Temos que gostar de gente, minha gente]

– Criatividade não é mais exceção: é regra. E totalmente baseada em conhecimento.

– A colaboração na web é cada vez mais comum e popular em todas as suas formas. É só o começo. [É canal de duas vias – é diálogo]

– Os três países mais populosos são: China, Índia e Facebook – 500 milhões de usuários.

– Já não faz sentido separar o mundo real do virtual. Você fala com um amigo no e-mail, pessoalmente, no Facebook.

– O que é inovação hoje, amanhã é terceira idade.

– Ninguém leva a sério as novas tecnologias até chegar a hora em que não se consegue ignorá-las. [quem sai na frente bate cabeça, mas bebe água limpa]

– Pesquisas que só olham sexo, idade e classe social trata seu público como gado. [banalizaram a importância da pesquisa,  vide o que fizeram institutos de pesquisas durante as eleições 2010]

– O problema não é blogar, é dar ouvidos a qualquer coisa que blogam. [O online deu sentido amplo a palavra democracia e fez valer a máxima de Assis Chateaubriand: Quer ter opinião própria? Compre seu próprio jornal. A questão é que a rede está cheia de gente sem compromisso com a apuração, a verdade, a ética]

– Há etapas digitais em todos os âmbitos de nossa existência.

– Internet é um meio que fica no centro das classes. Jovem, velho, rico, pobre. Todos acessam.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: