Skip to content

O certo e o errado nas organizações, na vida profissional e digital

29/11/2010

O que é ser ético? Baseado em um texto reflexivo da Rosana Hermann, diretora de criação do Portal R7 e responsável pelo blog Querido Leitor, enviei a seguinte mensagem via twitter: “Sou um bom profissional. Sou jornalista. Isso inviabiliza tuitar uma piadinha ou fazer uma brincadeira no Twitter?”

Susana Ferreira, ex-diretora de Marketing da Universidade de Franca (Unifran) – empresa da qual fiz parte por 12 anos, logo me respondeu via LinkedIn: “Claro que não, desde que sua brincadeira ou piada seja algo de bom gosto, dentro da ética e civilidade corporativa e com os valores morais observados. Se houver algum tipo de discriminação, preconceito, calúnia, ou mesmo instigue alguma obscenidade ou mesmo ato violento, daí você terá não somente sua imagem arranhada, mas com certeza sua carreira.”

Dividimos o mundo em gente decente e indecente. Mesmo os bandidos falam em ética. Na cadeia, punem sem piedade quem abusou sexualmente de crianças ou de mulheres.faz parte do nosso discurso social, da nossa fala com o outro, afirmar: eu sou ético, num mundo em que o resto não o é. Eu sou do bem. O mundo está de pernas para o ar, tudo está errado, mas eu não.  Renato Janine Ribeiro – professor titular de ética e filosofia política na Universidade de São Paulo

O tweet que gerou a conversa não tinha por base algo específico comigo, mas de alguns #mimimis nas mídias sociais que dão a entender que jornalistas, médicos, advogados e afins não podem ter brincadeira sadia ou fazer piadinha descolada sobre um tema recorrente simplesmente porque são, por exemplo, jornalistas.

Susana tomou a palavra novamente e acrescentou: “Hipocrisia. Isso é natural, mas também sabemos de casos de pessoas que esquecem que estão na rede e falam o que não é recomendável”. Mas completa: “jornalistas são sempre rechaçados. Infelizmente. Coisa cultural e de sociedade provinciana.”

Nas duas respostas dadas a querida Susana foi perfeita e adequada. No entanto, diante de uma sociedade que titubeia entre o certo e o errado, convidei-a a outra reflexão (ainda sem resposta): Qual é o limite da tolerância? Existem regras? A divergência de ideias não provoca o aparecimento de várias linhas tênues entre o certo e o errado?

Ser um profissional ético nada mais é do que ser profissional mesmo nos momentos mais inoportunos. Ser ético é proceder sem prejudicar os outros.  Ser honesto em qualquer situação. Ter coragem para assumir as decisões. Ser tolerante e flexível. Ser íntegro – agir de acordo com seus princípios. Ser humilde – só assim conseguimos reconhecer o sucesso individual. José Augusto Delgado – Ministro aposentado do STJ

Lendo uma publicação antiga do publicitário e jornalista Paulo Nassar, diretor-geral da AberjeAssociação Brasileira de Comunicação Empresarial -, sobre Comunicação Empresarial verifiquei a necessidade da 3M de incluir a ética na pauta de atividades do treinamento dos seus funcionários.

Na cartilha da empresa a discussão sobre como identificar a falta de ética. A publicação incita o trabalhador a fazer três perguntas para si em caso de duvida: 1) Eu gostaria que minha família soubesse disso? 2) Como eu me sentiria se esta atitude aparecesse impressa em um jornal? 3) Como a gerência veria essa atitude?

Estas mesmas perguntas ainda podem ser feitas nos dias atuais e ampliadas para: Eu gostaria que alguém fizesse isso comigo? Estou sendo sincero comigo mesmo? Essa decisão é justa, já ouvi todos os lados envolvidos? Dou um xeque-mate antes de dar uma nova oportunidade?

Se imaginais que, matando homens, evitareis que alguém vos repreenda a má vida, estais enganados; essa não é uma forma de libertação, nem é inteiramente eficaz, nem honrosa; esta outra, sim, é mais honrosa e mais fácil: em vez de tampar a boca dos outros, preparar-se para ser o melhor possível. (Palavras atribuídas a Sócrates por Platão, ao final do seu julgamento)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: