Skip to content

Erros comuns cometidos por profissionais

13/07/2010
 

O mercado de trabalho está saturado em várias áreas, portanto, é bom evitar alguns erros para não perder a sua vaga. Aliás, as dicas abaixo devem ser seguidas mesmo em áreas em que há falta de profissionais, afinal profissional que é profissional procura manter a competência e o bom comportamento para subir na carreira.

  1. Flexibilidade – A falta de flexibilidade engessa o profissional. Aquela pessoa que vez ou outra não pode ficar depois do horário ou se entregar em um projeto durante um fim de semana, por exemplo, demonstra ser inflexível e isso não é bom.
  2. Hierarquia – Não respeitar os que estão acima de você é mancada, mesmo em tempos de gestão horizontal.
  3. Atrasildo – Você vive atrasado e sempre arrumando desculpas pelo ato? Cuidado. Evite atrasos e quando estes ocorreram avise antes ou o mais rápido possível ao seu superior.
  4. Uso da Internet – Em tempos de redes e mídias sociais (Orkut, Twitter, Facebook, Youtube) é fácil perder horas conferindo o buzz do momento. Caso o seu trabalho não envolva a utilização destas redes, o melhor é verificar a norma da empresa. Procure utilizar a Internet na hora do teu almoço, por exemplo.
  5. Pinóquio – inventar ou mentir sobre para encobrir erros e falhas não ajuda em nada o ambiente.E, mentira, você sabe, tem perna curta e faz o nariz crescer. Assuma seu erro, explique o que ocorreu e procure não cometer mais o mesmo erro.
  6. Brincadeiras fora de hora e desrespeito aos colegas – Você leva jeito para integrante do CQC? Ótimo, o bom humor é sempre bem vindo no ambiente de trabalho. Mas cuidado com os excessos. Não vá bancar o Serginho Malandro. Excesso de intimidade e de brincadeiras pode ser legal para alguém do grupo, mas extremamente desconfortável para outras pessoas da equipe.
  7. Esticar o papo durante o expediente – a amizade é algo que deve ser cultivado entre os colaboradores, mas há determinadas áreas, principalmente as que atendem diretamente os clientes, que necessitam de atenção e dedicação extrema. Aproveite o almoço, o café para manter a conversa em dia. Mas não vá contar o capítulo inteiro da novela o jogo do final de semana.

O bom profissional faz uso de uma arma infalível chamada bom senso. Deixe o seu sempre em estado de alerta. Saber se portar no ambiente de trabalho é fundamental, mas não faça disso uma neura a ponto de deixa-lo antipático, chato, ou engessado. Passamos muito tempo de nossas vidas no trabalho, portanto, precisamos deixar o ambiente mais agradável, menos pesado, mas sempre com o tal desconfiômetro ligado.

Os bons profissionais são promovidos; os bonzinhos não deslancham apesar da sua simpatia, competência e de ser apreciado pelo chefe e os funcionários ruins, cedo ou tarde são postos para fora da empresa, pois é muito evidente sua falta de produtividade. Max Gehringer, autor de diversos livros sobre carreiras e gestão empresarial e conhecido por suas colunas em várias revistas, na rádio CBN e no programa Fantástico, da TV Globo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: